“O teu silêncio me agride”

download

Foi engraçado o dia em que terminou. Você sumiu e não voltou. Eu pensei em te procurar. Nossa, eu ansiei por isso. Um “Oi” na minha caixa de mensagens e eu faria tudo, daria o mundo, pra te ver. Mas não o fiz. Porque você deixa bem claro quando não quer mais. Transpareceu a dúvida, tomei a decisão. Vou-me embora, paixão por você não é a hora.

Tarde demais.

O que mais me entristece não é a sua partida. Já vivenciei tantas que o incômodo me é familiar. Porém, eu me entreguei antes do adeus. E o que deu errado? Acho que nunca saberei. Não consigo entender como olhos tão sinceros, de juras tão modestas e certas, possam ter mudado de gosto, de rosto, em apenas um pôr-do-sol.

O machucado leve que você me fez encontrou um coração fraco e exausto. Despeço-me de você cansada de brincar de amor. Sou casa forte, sei que vou me arrumar, porém, o desperdício de esperança cansa uma alma desesperada por não mais se decepcionar.

Samyres Freitas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s