Estava em algum lugar e encontrei uma lagarta…

10521902_10204023372294979_530315394_n

 

Quem és tu? – Perguntou a lagarta, enquanto eu caminhava pela trilha de tijolos amarelos em meio a terra do nunca. Me vi tentada responder meu nome, idade e profissão (ou futura). Mas percebi que não era isso que queria saber, olhando para mim, com um sorriso de um gato invisível.

Afinal, quem sou? Além de menina/mulher, além de estudante, além de filha mais velha?
Eu sou alguém, que sonha como todos, que ama, e às vezes acha que odeia, que sorri chorando, e chora sorrindo, que sente raiva, mas transborda alegria. Assim como a maioria dos alguéns viventes neste mundo, que querem ser mais que alguéns, e tem medo de serem ninguéns.

Mas o segredo é que nunca somos ninguéns, nunca somos além. Somos, todos, apenas, nós e laços, que em meio a embaraços, fazemos do desespero alegria, com uma varinha de condão.

E vos digo quem sou. Sou quem crê em magia em meio a um lugar sem esperanças, e que crê que conto de fadas não existem (como nos livros) mas são reais. Que a insensata ideia de esperança e de força sobre o mal, está inerente a mim, como na maioria.

-Não posso dizer com clareza quem sou, lagarta. – Respondi.

Então, após minha resposta, ela virou casulo, e borboleta, mas por mais diferente que estivesse percebia-se claramente que era a mesma. Voou para longe.

E eu? Despertei de meu transe, olhando para o meu reflexo no pequeno espelho de mão que segurava no jardim. Me dei conta: eu era a lagarta. Era e sou: metamorfose. Mudando, sempre, mas com pequenos aspectos sempre inerentes, sendo um paradoxo e antítese, sendo apenas eu.

 

– Camila Fernandes

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s